Saúde bucal x infecções bacterianas

Como acontece
A cavidade bucal tem vários microrganismos e no caso de inflamação ou ferida na boca, bactérias podem se proliferar e formar um foco infeccioso.

Ameaças na boca
Tratamento de canal (cáries profundas ou fraturas podem necrosar o tecido do interior do dente com nervos e vasos sanguíneos), gengiva inflamada e problemas periodontais (envolvendo gengiva e tecidos ósseos).

Sintomas
Geralmente provoca dor, pus e febre – alertas de que é necessário procurar um dentista ou otorrino (casos de amídala e ouvido) -, mas pode acontecer de não haver incômodo nenhum.

Avanços
Não tirando os microrganismos, eles vão se proliferando e se infiltrando em tecidos mais frágeis e até no osso.

Onde pode chegar
A infecção pode se espalhar para a mandíbula (arcada inferior) ou maxilar (arcada superior) da boca, e dali para outras partes, como tórax, face (sinusite) e região intracraniana, levando até mesmo a uma septicemia (infecção generalizada).

Outro caminho ao ganhar a corrente sanguínea é a infecção da boca ser colonizada por bactérias de válvulas cardíacas e outras partes do coração (endocardite bacteriana, uma doença mais presente em pessoas com histórico de doenças cardíacas ou com aparelhos na região).

Resposta do corpo
As infecções da boca costumam ser combatidas pelo próprio organismo, mas isso pode falhar se aumentar muito. Correm risco maior de complicações as pessoas que estiverem com a defesa natural do organismo fragilizada (especialmente, crianças pequenas, idosos e pacientes com câncer).

Cuidados
Os tratamentos dentários precisam seguir todos os procedimentos de assepsia, para impedir a entrada de germes. Os canais devem ser sempre analisados a cada nova visita ao dentista (pelo menos uma vez ao ano).

Tratamento
O tratamento de infecções é sempre feito com antibióticos, que podem ser tomados por via oral ou venosa (casos graves).

Fique atento aos sinais de infecções!
Na boca
– Dor
– Pus
– Sangramento
– Febre
– Há casos de evolução silenciosa

Seios da face
– Congestão nasal
– Saída de secreção do nariz
– Tosse
– Dor de cabeça
– Sensação de peso na cabeça e na face
– Diminuição do olfato

Infecção intracraniana
– Febre
– Mal estar
– Agitação
– Dor de cabeça (intensa, latejante)
– Confusão mental

Voltar