Perguntas Frequentes

Quando é hora de consultar o vascular?
Ao primeiro sinal de vasinhos para ele irá avaliar o caso por meio de exame clínico ou aparelhos de ultrassom. Com tudo isso, ele poderá propor as melhores opções de tratamento.

Quais as diferenças entre vasinhos, microvarizes e veias grossas?
Os vasinhos (chamados telangiectasias) são dilatações das veias da pele. O próximo passo é o inchaço das microveias, que originam as microvarizes (trajetos azulados vistos sob a pele). Já as veias superficiais maiores quando dilatadas levam ao aparecimento das grandes varizes, famosas pelos seus grossos calibres.

As varizes, as microvarizes e os vasinhos podem existir juntos?
Podem, porque são manifestações da mesma doença. Em resumo: o paciente sofre de uma pressão aumentada dentro das veias que dilata as veias superficiais em graus diferenciados.

As veias superficiais podem ser retiradas sem causar problemas?
Sim. As veias que realmente importam são as veias profundas, elas é que fazem o papel da circulação venosa.

As varizes voltam?
As varizes não voltam, aparecem outras que devem ser tratadas. Uma veia que estava normal no momento de um tratamento, mais tarde, pode adoecer, principalmente, se houver fator hereditário. Este fato não invalida os tratamentos, pois se as varizes não forem cuidadas, poderão levar a sérias complicações no futuro.

Salto alto provoca varizes?
Por muito tempo os angiologistas defendiam que sim, mas pesquisas comprovaram que o salto alto não provoca varizes e pode ser útil para a circulação venosa. Os saltos de 4 a 6 centímetros ajudam na contração muscular, facilitando o fluxo sanguíneo.

Quais as posições que favorecem o surgimento das varizes?
Ficar muito tempo de pé ou sentado. Nesses casos, há dificuldade para a circulação de retorno. Toda vez que as pessoas se movimentam, colocam o coração periférico para funcionar, de forma que o sangue é impulsionado para cima. O mesmo ocorre deitado, pois o coração permanece no nível da perna, facilitando o fluxo sanguíneo. Melhor ainda quando os pés ficam elevados, contribuindo muito para a circulação.