clinicabessaago21
clinicabessaago21

Artrite reumatóide

O que é
Uma doença autoimune crônica que destrói as articulações e provoca deformidades nas juntas, levando a dor e prejudicando estruturas que ligam músculos, tendões e ossos.  Acomete principalmente as mulheres entre 30 e 50 anos, embora também exista na população masculina.

Causas
Ainda não são definidas, sabe-se que existe uma pré-disposição genética, mas não obrigatoriamente as pessoas sofrem deste mal.

Sintomas
Dores intensas e inchaços nos dedos das mãos, punhos, cotovelos, ombros, quadris, joelhos, tornozelos e dedos dos pés. Pode atingir ainda a coluna (região do pescoço) e a articulação temporomandibular (abre e fecha a boca. Geralmente o incômodo começa em uma ou duas juntas e se espalha para as outras.
Costuma gerar também “rigidez matinal”, ou seja, endurecimento das mãos e dos ombros do doente ao acordar. Além de causar lesões na cartilagem, a inflamação persistente leva a lesões nos ossos chamadas de erosões ósseas. E mais: há chances de aparecerem nódulos reumatóides (principalmente perto dos cotovelos) e de surgirem quadros de secura na boca e nos olhos (sinal que as glândulas produtoras de saliva e de lágrimas estão sendo atacadas).

Diagnóstico
O médico analisa o histórico do paciente e parte para o exame físico no qual observa as juntas inflamadas, doloridas ou deformadas e procura nódulos reumatóides e alterações nos olhos. O passo seguinte são os exames laboratoriais (como velocidade de hemossedimentação, dosagem da proteína C reativa e anticorpo anti-peptídeo citrulinado cíclico) e as radiografias das articulações.

Tratamento
Visa eliminar a inflamação das articulações e evitar que ocorram deformidades das juntas. O plano de tratamento é individual e leva em conta a intensidade da artrite e outros problemas de saúde concomitantes (pressão alta e diabetes) e as atividades diárias da pessoa. Costuma ser conduzido por uma equipe multidisciplinar formada por reumatologista, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicóloga e cirurgião ortopédico.
São indicados exercícios moderados regularmente para fortalecer os músculos e os ossos, diminuir a fadiga, aumentar a flexibilidade e promover o bem-estar.  Recomenda-se repouso quando exercitar-se provoca dor e o uso de apoios ou talas na articulação inflamada. Em muitos casos, o médico opta por tirar o líquido inflamado através de punção (principalmente nos joelhos).
Também são prescritos medicamentos biológicos (drogas que impedem os desarranjos articulares e o avanço da doença) e recomendada cirurgia para colocação de próteses para casos mais graves.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest