clinicabessaago21
clinicabessaago21

Cálculo das vias urinárias

O que é
Associação de várias doenças, pois a pessoa apresenta distúrbio metabólico que faz com que os cristais, normalmente eliminados pela urina, se precipitem e formem a pedra, podendo acometer rins, ureteres, bexiga urinária e uretra.

Causas
Presença em excesso de ácido úrico ou oxalato de cálcio na urina (corresponde a 50% dos casos), infecções urinárias de repetição, falta de citrato ou perda do aminoácido cistina.

Sintomas
Quando o cálculo vai para a parte central onde estão os tubos coletores e os ureteres, pode provocar dor de forte intensidade, a cólica renal, que requer cuidados médicos. A dor é aguda, geralmente unilateral, irradia-se pelo flanco e pela pelve e alcança os genitais tanto do homem quanto da mulher, à medida que o cálculo progride pelas vias urinárias. Há alguns sintomas associados como vômito, febre, dor para urinar e sangue na urina.

Diagnóstico
É relativamente fácil por causa da intensidade da dor. O médico geralmente solicita exame de sangue (para conhecer as quantidades de cálcio e ácido úrico no sangue), de urina (indica se o paciente está excretando uma quantidade maior de substâncias que podem estar relacionadas à formação de pedras no rim por meio da urina), raios-x e ultrassom (mostram se há presença de pedras dentro do trato urinário).

Complicações
O risco maior é para quem têm cálculo renal sem dor ou com dor leve, pois a pedra pode comprometer as vias urinárias, colocando em risco os rins do paciente. Ele pode continuar urinando normalmente em função de a doença se instalar em apenas um rim.

Tratamentos
A maioria dos cálculos renais pode ser eliminada através do sistema urinário com bastante água para ajudar a mover a pedra. E tomando medicação para dor, se necessário.
Outros tratamentos são litotripsia extracorpórea por ondas de choque eletrohidráulicas (criação de fortes vibrações para quebrar as pedras e facilitar a excreção), traqueostomia percutânea (retirada cirúrgica de pedras maiores por meio de um pequeno corte feito nas costas do paciente) e ureteroscopia (passagem de um tubo muito fino por meio da uretra para retirar as pedras presentes no trato urinário).

Prevenção
– Beba muita água durante o dia;
– Coma menos alimentos ricos em oxalato, como espinafre, nozes, batata doce e até chocolate;
– Reduza as quantidades de sal e de proteína em suas refeições;
– Abuse de comidas ricas em cálcio, mas cuidado com suplementos. É essencial manter os níveis de cálcio no sangue estáveis.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest