clinicabessaago21
clinicabessaago21

Cárie

O que é
Doença dentária decorrente da permanência de placa bacteriana em locais de difícil acesso entre as escovações. Estas bactérias convertem o açúcar e carboidratos dos alimentos e bebidas ingeridos em ácidos. Estes, por sua vez, dissolvem a partir da superfície do dente, danificando o esmalte, o que, sem os devidos cuidados, pode levar à formação de cárie.

Causa
É fortemente influenciada pelo estilo de vida do indivíduo – o que come, como cuida dos dentes, a presença de flúor na água ingerida e o flúor no creme dental de uso. A hereditariedade também tem um papel importante na predisposição de seus dentes para se deteriorarem. Mesmo quem não come doce não está livre da cárie, pois o açúcar está presente em todos os alimentos (incluindo verduras, massas e carnes), que podem ser convertidos em ácidos que atacam o esmalte dos dentes.

Sintomas
Dor de dente ou sensação dolorosa, principalmente após ingerir alimentos ou bebidas doces, quentes ou frios e/ou pontos ou orifícios visíveis nos dentes.

Tipos
– Cárie coronária: mais comum, ocorre tanto em criança como em adultos e se localiza nas superfícies de mastigação ou entre os dentes.
– Cárie radicular: à medida que envelhecemos, a gengiva se retrai, deixando partes da raiz do dente expostas. Como não existe esmalte cobrindo as raízes do dente, estas áreas expostas se deterioram facilmente.
– Cárie recorrente: pode ocorrer em volta das restaurações e coroas existentes (áreas que tendem a acumular placa bacteriana).

Diagnóstico
As cáries se desenvolvem embaixo da superfície do dente, e, nessa fase, pode ser detectada apenas pelo dentista. As bactérias produzem ácidos que corroem o dente, e, em um determinado momento, com o esmalte destruído, aparece a cavidade de cárie.

Tratamentos
O tratamento para cárie inclui: obturações (remove o material deteriorado com uma broca e substituindo-o por materiais como amálgama, resina e porcelana), coroas (são usadas se o dente estiver muito deteriorado e não sobrar muita estrutura, o que pode enfraquecê-lo; espécie de molde que é colocado sobre o dente cobrindo-o para recuperar a sua forma, tamanho e resistência) e tratamento de canal (recomendado se o nervo de um dente morrer devido a uma cárie ou lesão; o centro do dente, incluindo o nervo e a polpa, é removido junto com as partes deterioradas do dente).

Consequências
Se não for tratada, uma cárie pode destruir o dente e atingir a polpa (nervo), levando a um abscesso (área de infecção na ponta da raiz). Uma vez formado o abcesso, ele só pode ser tratado através do tratamento do canal, de cirurgia ou da extração do dente.

Prevenção
– Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia (principalmente à noite).
– Use o fio dental diariamente para remover a placa bacteriana entre os dentes e sob a gengiva.
– Faça avaliações regulares com seu dentista para evitar que os problemas ocorram e que os casos menores se tornem sérios.
– Adote uma dieta balanceada com pouco açúcar e amido. Quando ingerir estes alimentos, procure comê-los durante a refeição e não como um lanche para minimizar o número de vezes que seus dentes são expostos ao ácido.
– Utilize produtos de higiene dental que contenham flúor, incluindo o creme dental e o enxaguatório.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest