clinicabessaago21
clinicabessaago21

Distúrbios de ansiedade

O que é
A ansiedade é o estado emocional (como medo, raiva, alegria e amor) responsável por deixar a pessoa em alerta de que precisa fazer algo para acabar com determinada ameaça. Ela está presente em uma estreia de peça, na apresentação de trabalho, no exame na faculdade e até mesmo no primeiro encontro amoroso. Mas se torna um distúrbio quando o indivíduo sente medo de tentar ficar no controle e não conseguir. O sofrimento pode ser intenso, duradouro ou frequente, a ponto de prejudicar a vida do indivíduo.

Incidência
Acometem principalmente as mulheres (representam 75% dos casos), na faixa etária dos 20 aos 35.

Sintomas
São físicos ou emocionais como falta de ar, dores no peito, fome exagerada, suor excessivo, dormência, respiração curta, insônia e problemas digestivos (prisão de ventre, enjôo, vômitos, gases e dores de estômago) ou ainda sensações de sufocamento, aperto na garganta, boca seca e batimento cardíaco acelerado, sem falar em medos irracionais e sem sentido.

Tipos mais comuns
Existem diversas formas que podem aparecer sozinhas ou em associação como:
– Distúrbio de ansiedade devido a uma condição médica geral. A ansiedade e o nervosismo podem se iniciar devido a problemas médicos (desequilíbrio hormonal, problemas respiratórios ou cardíacos).
– Distúrbio de ansiedade generalizado. A ansiedade e a preocupação interferem nas atividades, provocando dor de cabeça, dor nas costas, alterações intestinal ou no estômago. Esse tipo também pode ocorrer em crianças.
– Distúrbio do pânico. Os ataques ocorrem sem causa aparente, de forma a interferir na vida profissional e pessoal. A pessoa sente um grande mal-estar com falta de ar, taquicardia (parece que é um problema cardíaco grave) e tremores.
– Distúrbio do estresse pós-traumático. A ansiedade persiste após um evento traumático (como assaltos violentos, seqüestros, abuso sexual, desastres naturais, acidentes, combates militares etc.). Pode ocorrer em todas as idades, incluindo crianças e adolescentes.
– Distúrbio de ansiedade induzido por substâncias. Drogas (como álcool, cocaína, sedativos e anfetaminas) podem causar ataques graves de ansiedade, nervosismo e preocupação constantes. A interrupção do uso da droga por algumas semanas usualmente reduz os sintomas drasticamente.

Como e porque ocorrem
Podem aparecer lentamente (em semanas ou meses) ou subitamente. A causa exata da ansiedade não é conhecida. Pode haver níveis anormais de substâncias químicas que o sistema nervoso utiliza para mandar e receber sinais do cérebro ou falha na forma de o cérebro utilizá-las para mandar e receber os sinais de outras partes do corpo. A ocorrência desses distúrbios é mais propensa em eventos e circunstâncias estressantes da vida ou relacionamentos e atividades instáveis. Alguns são vinculados à hereditariedade.

Diagnóstico
O clínico ou o psiquiatra pode dizer se os sintomas são causados por um distúrbio de ansiedade. Também são realizados alguns exames laboratoriais para descartar alguns problemas médicos como desequilíbrio hormonal e problemas cardíacos.

Tratamento
O distúrbio de ansiedade pode ser tratado com sucesso através de psicoterapia (a pessoa aprende a se conhecer melhor e a encontrar formas ideais para lidar com os seus conflitos), medicamentos – os ansiolíticos (calmantes) e os antidepressivos (ajudam a dar estabilidade emocional e animam o indivíduo a enfrentar as ameaças) – ou ainda em conjunto.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest