clinicabessaago21
clinicabessaago21

Estenose lombar

O que é
O estreitamento do canal vertebral na região lombar, que contém a medula espinhal e raízes nervosas.

Causas
Congênita: pacientes apresentam estreitamento do canal vertebral por formação constitucional e devido a protusões discais e leves alterações facetarias;
Adquirida: ocorre durante o envelhecimento, em geral, após os 60 anos de vida. As pessoas desenvolvem estreitamento do canal vertebral por onde os nervos passam e/ou do orifício por onde os nervos saem, causando hipertrofia dos ossos e/ou ligamentos nestes locais. Esse estreitamento pode ser segmentado (apenas em uma região da coluna) ou generalizado.

Sintomas
Dor lombar (que pode ser irradiada para nádegas ou membros inferiores), alterações de sensibilidade (como amortecimento ou formigamento de um ou ambos os membros), dificuldade progressiva ao andar, perda de força em membros inferiores e tronco encurvado anteriormente ao ficar em pé.

Diagnóstico
A confirmação pode ser feita com radiografia (avalia a curvatura da coluna vertebral), ressonância magnética lombar (evidencia com melhor clareza as estruturas nervosas comprimidas), tomografia lombar (solicitada para avaliar calcificações ligamentares, diâmetro do forâmen intervertebral e, principalmente, osteófitos comprimindo o canal vertebral) e mielotomografia (quando existe impossibilidade de realizar ressonância magnética e para avaliar instabilidade com compressão das estruturas nervosas).

Tratamento
Pode ser conservador e realizado com o uso de coletes, fisioterapia, fortalecimento muscular e manejo da dor com medicações analgésicas ou mesmo infiltrações epidurais ou foraminais. O tratamento cirúrgico é indicado quando o paciente não responde ao tratamento conservador, tem piora da sintomatologia ou dor incapacitante. A opção – aberta ou minimamente invasiva – vai depender de quais níveis estiverem comprimidos.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest