clinicabessaago21
clinicabessaago21

Gagueira

O que é
Transtorno de fluência da fala provocada por uma dificuldade do cérebro de sinalizar o término de uma sílaba ou um som e passar para os próximos. É por isso que a pessoa consegue iniciar a palavra, mas para no meio, até que o cérebro gere o comando necessário para continuar o processo.  Dada a importância da comunicação na vida diária, a gagueira tende a prejudicar consideravelmente a funcionalidade do indivíduo em vários aspectos da vida, sobretudo nos âmbitos acadêmico, social e ocupacional.

Causas
Pode ter origem genética (é a mais comum), orgânica, psicológica e/ou social.

Sintomas
– Repetição ou prolongamento de sons e sílabas;
– Bloqueio de sons;
– Uso de interjeições para fazer a conexão entre as palavras;
– Simplificação de frases;
– Movimentos corporais para ajudar a liberar os sons ou as sílabas.

Níveis
É dividida em 5 níveis: muito leve, leve, moderada, severa e muito severa. E pode se manifestar com mais ou menos frequência, dependendo da ocasião. Pode aparecer em situações de pressão ou em um bate-papo com os amigos. A explicação é simples: quanto mais à vontade o gago estiver, menos ele vai pensar antes de falar. Aí, acaba gaguejando. Já quando a fala está decorada ou programada, costuma sair com fluidez. É por isso que a maioria dos gagos consegue cantar ou reproduzir textos ensaiados sem dificuldade.

Incidência
Distúrbio que acomete 5% da população e que se torna crônico em 1% dela, numa proporção de quatro pessoas do gênero masculino para uma do gênero feminino. Na maioria dos casos, a gagueira surge na infância (entre 2 e 4 anos) e tem desenvolvimento gradual, só em um terço das crianças a doença começa abruptamente.

Diagnóstico
A avaliação é feita por fonoaudiólogo especializado no atendimento dos distúrbios da fluência.

Tratamento
A gagueira pode ser amenizada, mas não tem cura. Os tratamentos disponíveis promovem uma diminuição significativa da gagueira, mas alguns resquícios persistem. Por isto, quanto mais rápida e adequada for a intervenção terapêutica, melhores serão os resultados.
O tratamento tenta mudar o padrão de fala da pessoa e, ao modificá-lo, outra área do cérebro é destacada para falar. Ao melhorar a fluência a pessoa que gagueja passa a ter mais controle sobre o diálogo, aperfeiçoando não apenas suas habilidades de linguagem, mas também as relações sociais.

Recomendações para quem gagueja:
– Não se acanhe e nem deixe de expressar o que você pensa ou sente.
– Pratique artifícios que ajudam a diminuir os sintomas da gagueira.
– Use interjeições, substitue palavras de pronúncia difíceis por sinônimos e construa frases menos elaboradas.
– Compareça regularmente às sessões de fonoaudiologia.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest