clinicabessaago21
clinicabessaago21

Gengivite

O que é
Infecção das gengivas (tecido macio que envolve a parte inferior dos dentes) causada pela placa bacteriana.

Sintomas
As gengivas ficam inchadas e avermelhadas, podendo até mesmo sangrar ao escovar os dentes ou passar fio dental. Pode vir acompanhada ainda de dor ou hipersensibilidade dental e mau hálito persistente.

Diagnóstico
É clínico, considerando os sinais e sintomas da doença, as condições gerais de saúde do paciente e seu histórico familiar.

Tratamento
Os episódios iniciais podem regredir com uma boa higiene bucal (técnica bem orientada de escovação e uso constante do fio dental). Em alguns casos, também é necessário o controle da infecção e a remoção do tártaro, ou seja, da placa bacteriana endurecida que separa a gengiva dos dentes. Para tanto, é feita uma raspagem acima e abaixo do contorno da gengiva com instrumental específico (com ultrassom ou spray com liquido composto por alguns sais) seguida de alisamento da raiz e polimento dos dentes para eliminar os focos de infecção.

Consequências
Com o decorrer do tempo, a gengivite pode fazer com que as gengivas se retraiam, separando-se dos dentes, e que sejam formadas bolsas. Se forem ignoradas, elas podem se transformar em depósitos de germes, debilitar o tecido ósseo ao redor dos dentes e fazer com que a dentição se afrouxe e, com o tempo, caia.

Prevenção
– Escove os dentes (atenção especial aos molares que são mais difíceis de serem alcançados) e as gengivas (se sangrarem, utilize escova de cerdas suaves).
– Limpe o espaço entre os dentes com fio dental.
– Troque a escova de dentes a cada três meses.
– Visite o dentista periodicamente para limpeza e controle.
– Observe sempre a sua gengiva e dê importância a mudanças de cor ou textura, buscando orientação do dentista.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest