clinicabessaago21
clinicabessaago21

Mastectomia preventiva

O que é
Cirurgia de retirada das mamas em pacientes que apresentam grande percentual de surgimento de câncer de mama.

Possíveis indicações
Quando a paciente quer reduzir o risco de a doença se espalhar ou reincidir, se ele for de alto risco (casos de câncer de mama/ovários em diversos parentes de primeiro grau, câncer de mamas nas mulheres da família em pré-menopausa ou bem jovens ou ainda nos homens da família ou mutações genéticas a partir de estudos), se os casos envolvem características como focos muito densos que são difíceis de visualizar em mamografia ou para melhorar a simetria da reconstrução mamária.

Suporte médico
Este tipo de tratamento deve ser considerado sempre por uma equipe multidisciplinar, que inclui ao menos cirurgião, oncologista, patologista, geneticista e psicólogo. A decisão envolve aspectos pessoais, médicos, familiares, psicossexuais e sociais.

Entendendo o teste genético
O rastreamento genético ocorre por meio de amostra de sangue. O DNA revela se a mutação existe (ou não) e qual o grau de risco a que a pessoa está propensa. Existem 12 tipos de gene que podem ter este mutação e desenvolver câncer de mama. O SUS, por exemplo, não cobre este levantamento (custa em torno de R$ 5 mil). A paciente atendida na rede pública não costuma ter acesso à mastectomia preventiva, só à mastectomia comum (nesse caso, ela já perdeu uma mama em virtude do tumor e aí os médicos removem completamente a segunda mama) acompanhada de reconstrução mamária.

O procedimento
A cirurgia não é complicada. As duas mamas podem ser operadas no mesmo dia. A técnica preserva a pele da mama e o mamilo, remove somente as glândulas mamárias e os tecidos internos e insere as próteses. O paciente pode retomar a rotina dentro de um mês. Mas, vale lembrar que a mastectomia não cura definitivamente a paciente – ela continua com 5 a 10% de chance de apresentar câncer de mama como qualquer outra mulher. Outro aspecto a ser ponderado é que essa experiência pode ser extremamente traumática por envolver feminilidade e sensualidade.

Prevenção
O câncer de mama pode ser diagnosticado precocemente, fique bastante atenta aos seguintes sinais e sintomas: descarga de líquido ou sangue pela mama; descamação ou prurido constante da aréola/mamilo; dor mamária intensa de longa duração e sem relação com ciclo menstrual; inversão do mamilo; retração da pele da mama; abaulamento da pele da mama; nodulação palpável na mama; vermelhidão mamária constante; ulceração da pele mamária, ou íngua na axila ou no pescoço.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest