clinicabessaago21
clinicabessaago21

Rouquidão

O que é
Primeiramente, é importante entender como surge a voz. Dentro da laringe ficam as pregas vocais (cordas vocais) que são músculos recobertos por uma mucosa elástica que se movimenta para estreitar a saída de ar dos pulmões, gerando som. A modulação dele é que emite a voz. Qualquer irregularidade nas pregas vocais prejudica este fenômeno e a falta de limpidez do som é a rouquidão.

Causas
Gripes, resfriados, esforços intensos da voz, ansiedade, tabagismo, sinusite, pneumonia, alcoolismo, refluxo gastroesofágico, hipertireioidismo, reumatismo, lesões estruturais (como tumores benignos ou malignos e a paralisia conhecida como Edema de Reinke).

Tipos
Na maioria das vezes, é um problema transitório, associado a infecções da laringe (rouquidão aguda de curta duração), e quando se estende por mais de duas semanas é classificada como crônica de longa duração (podendo estar associada à laringite aguda, caracterizada por infecções por vírus ou bactérias).

Diagnóstico
É feito por um otorrinolaringologista  e exames complementares como laringoscopia e endoscopia da laringe (visualiza a laringe), hemograma (nas suspeitas de infecções), exames hormonais (detecta alterações da tireóide), provas reumatológicas (estuda relação com artrite), tomografia e biópsia (verifica neoplasias, granulomas e paralisia), espectograma do som (avalia as características da rouquidão), estroboscopia (análise das pregas vocais em câmera lenta), eletromiografia da laringe (estuda paralisias das cordas vocais) e quimografia (confere os ciclos de vibração das pregas vocais).

Tratamento
O tratamento depende do tipo de causa. Na maioria dos casos inclui a fonoterapia – o paciente aprende como usar a fala de maneira mais equilibrada e adequada. Isso é conseguido pela realização de exercícios específicos, orientados por fonoaudiólogo. Já quando há a presença de nódulos, o especialista pode indicar a cirurgia seguida de fonoterapia.

Dicas para manter a saúde da voz
• Evite o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas
• Tome café com moderação
• Não se automedique, pois alguns remédios agridem a laringe
• Beba bastante líquido durante o dia (pelo menos 2 litros)
• Tente fugir de ambientes poluídos
• Evite gritar e alterar seu padrão de voz.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest