clinicabessaago21
clinicabessaago21

Síndrome do intestino irritável

O que é
Distúrbio funcional nos movimentos intestinais que pode ocorrer em qualquer idade, mas frequentemente, começa na adolescência e no início da fase adulta e é mais comum nas mulheres.

Causas
Antes a única explicação eram alterações emocionais, mas estudos mostraram que a síndrome pode se originar de problemas nos músculos do intestino ou pela falta de coordenação do intestino – não só no cólon, mas em outras partes do tubo digestivo. Sem dúvida, o estresse pode agravá-la, pois a agitação sentida no cérebro faz com que o intestino se esprema ou contraia mais.

Sintomas
Em grau leve ou intenso, o paciente apresenta dor e desconforto abdominal pelo acúmulo excessivo de gases.  Primeiramente, a pessoa sente prisão de ventre e, depois, elimina repetidas vezes fezes fragmentadas, pequenas e com aspecto amolecido e convive com a alternância das crises de obstipação e de diarreia.

Diagnóstico
Na maior parte dos casos envolve a análise no consultório. O médico pode recomendar ainda exames de sangue para verificar anemia ou cultura de fezes para descartar infecções. Se o paciente tiver mais de 50 anos e reclamar de sintomas como perda de peso ou fezes com sangue será prescrita colonoscopia para investigar situações mais graves.

Tratamento
Com o objetivo de aliviar os sintomas, o médico pode sugerir alguns medicamentos e mudanças de estilo de vida, incentivando o paciente a praticar regularmente exercícios e até mesmo adotar algumas horas de sono a mais para reduzir a ansiedade e ajudar a aliviar sintomas do intestino.
A dieta também deve mudar. O paciente deve excluir alimentos e bebidas que estimulam o intestino (como cafeína, chás ou refrigerantes à base de cola), refeições fartas e pesadas e alimentos contendo trigo, centeio, cevada, chocolate e produtos lácteos e bebidas alcoólicas e aumentar a ingestão de fibras solúveis e insolúveis que favorecem a formação adequada do bolo fecal.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest