clinicabessaago21
clinicabessaago21

Teratoma Ovariano

O que é
Tipo de tumor derivado de células germinativas que, quando visualizadas no microscópio, revelam as camadas de um embrião em desenvolvimento, da mais profunda para a externa. Muitos casos surgem ainda na infância, é muito comum nos ovários, mas pode aparecer também em outras regiões como na sacrococcígea (entre nádegas), na espinhal e nos testículos.

Tipos
Há uma forma benigna (teratoma maduro) e outra cancerosa (teratoma imaturo). O teratoma maduro (também chamado de cisto dermóide) é o tumor de ovário de células germinativas mais comum. Ele costuma afetar mulheres em idade reprodutiva e vem com diferentes tecidos, incluindo, osso, cabelo e dentes.
O teratoma imaturo é um tipo de câncer raro que ocorre em meninas e mulheres jovens, geralmente com menos de 18 anos. Ele traz células que se parecem com os tecidos embrionários ou fetais, como o tecido conjuntivo, as vias respiratórias e o cérebro.

Causa
Ainda é desconhecida, mas sabe-se que eles resultam de células que deveriam se tornar óvulos e continuam se desenvolvendo como se estivessem tentando se transformar em um feto mesmo sem a fertilização.

Sintomas
Nos ovários, se não for assintomático, geralmente há queixas de dor e/ou presença de massa abdominal.

Diagnóstico
Hemograma completo e análise bioquímica do sangue, com avaliação de funções hepáticas e renais e estudos genéticos. Os exames de imagem incluem tomografia computadorizada, ressonância magnética, radiografia e ultrassonografia. Uma amostra de tecido retirado do tumor para biópsia e examinado ao microscópio define o diagnóstico. O tumor muitas vezes pode ser visto ainda durante a gestação na ultrassonografia pré-natal.

Tratamento
Depende do tipo e da localização do tumor, mas, em geral, envolve remoção cirúrgica. Se o tumor for maligno, o tratamento também pode incluir quimioterapia e radioterapia.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest