clinicabessaago21
clinicabessaago21

Diferença entre infarto e AVC

O que é
AVC é a obstrução ou rompimento de artérias responsáveis em levar oxigênio para o cérebro. Quando a obstrução e a interrupção súbita de oxigênio acontecem no coração ocorre o infarto.

Sinais clássicos
Infarto: dor no peito em caráter opressivo, com ou sem irradiação para os membros superiores, sudorese fria, falta de ar e náusea.
AVC isquêmico: geralmente afeta pessoas de mais idade com perda repentina da força muscular e/ou da visão, dificuldade para falar, tonturas, formigamento em um dos lados do corpo e alterações de memória. Esses sinais clínicos podem ser transitórios, mas, ainda assim, demandam cuidados médicos emergenciais.
AVC hemorrágico: ocorre em pessoas mais jovens e, além dos mesmos sintomas, o quadro costuma ser marcado por dor de cabeça, inchaço cerebral, náuseas, vômitos e até convulsões.

Fatores de risco
Os mesmos fatores de risco que predispõem uma pessoa a ter um infarto agudo do miocárdio também se aplicam ao acidente vascular cerebral (AVC). São eles: hipertensão arterial, colesterol, tabagismo, alcoolismo, diabetes, sedentarismo, obesidade, estresse e história familiar de doenças cardiovasculares.

Avaliação médica
O paciente pode ser submetido a um eletrocardiograma – que, em muitas situações, pode sugerir a interrupção da circulação sanguínea no coração – e a exames de sangue que medem o nível de enzimas que aumentam com a destruição de células cardíacas.
Em determinadas situações o ecocardiograma também pode ser útil. Nos casos de comprometimento neurológico, a investigação amplia-se com os estudos das condições cerebrais, que podem incluir desde ultrassonografias com doppler das artérias até ressonâncias nucleares magnéticas.

Emergência médica
O AVC e o infarto são emergências médicas. Se achar que você ou outra pessoa está tendo um, dirija-se com urgência ao pronto atendimento do hospital mais próximo para diagnóstico completo e tratamento. Quanto mais cedo o paciente for atendido, melhor o prognóstico e maiores as chances de sobrevivência.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest