clinicabessaago21
clinicabessaago21

Erisipela

O que é
Nome comum de uma linfangite superficial, ou seja, processo inflamatório e infeccioso dos vasos linfáticos. Na maioria dos casos, a infecção se localiza somente na camada dérmica de qualquer parte do corpo, principalmente dos membros inferiores.

Causas
Geralmente é atribuída a uma bactéria chamada Streptococcus pyogenes que entra no organismo através de pequenas lesões na pele (cortes, rachaduras, frieiras etc.) ou nas unhas (micoses, paroníquias/lesões nas bordas etc.).

Sintomas
Começa com febre alta, calafrio, mal estar generalizado, náusea, vômito, dor muscular e fraqueza. Cerca de 2 a 3 dias depois surgem os sintomas locais: pele quente, avermelhada e brilhante, edema (inchaço) do membro acometido e dor. Nos casos mais graves podem surgir ainda bolhas (flictenas) com líquido amarelo claro ou sangue.

Tratamentos
As medidas gerais incluem antiinflamatórios e analgésicos para aliviar a dor, repouso (região acometida deve ficar elevada) e compressa fria. Há ainda indicação de antibiótico e, às vezes, anticoagulante. O paciente costuma tratar-se em casa, porém a internação hospitalar pode ocorrer em casos graves.

Cuidado permanente
É fundamental cuidados de higiene com pele e unhas para evitar micoses e outras lesões que, se aparecerem, devem ser levadas a sério. O médico vascular pode prescrever antibiótico (geralmente, penicilina benzatina) a cada 21 dias por até 1 ano para casos recidivantes ou adotar protocolos especiais quando detecta riscos de complicações.

Colaborou Dra. Alessandra Giannantoni (CRM 104.628) 
Especialista em Cirurgia Vascular e Angiologia pelo Conselho Federal de Medicina.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest