clinicabessaago21
clinicabessaago21

Tromboflebite

O que é
Inflamação de uma ou mais veias causada por um coágulo sanguíneo, normalmente nas pernas ou em outras partes inferiores do corpo (raramente a doença ocorre nas veias dos braços ou do pescoço).

Causa
Lesão, distúrbio de coagulação do sangue ou por imobilidade (nas internações hospitalares).

Tipos
São dois: a tromboflebite superficial – quando os coágulos de sangue se formam em veias mais superficiais e próximas à superfície da pele; e trombose venosa profunda – quando afeta veias mais profundas.

Fatores de risco
– Ter varizes – causa comum de tromboflebite superficial
– Imobilidade por motivo cirúrgico
– Histórico de acidente vascular cerebral (AVC) com paralisia nos braços ou nas pernas
– Possuir um cateter em uma veia central para o tratamento de alguma condição médica, o que pode provocar irritação da parede do vaso sanguíneo e diminuir o fluxo de sangue
– Gravidez ou parto recente (aumenta a pressão das veias da pelve e das pernas)
– Uso de pílulas anticoncepcionais ou terapia de reposição hormonal
– Histórico de transtorno de coagulação sanguínea ou tendência a formar coágulos
– Estar acima dos 60 anos – favorece o surgimento dos coágulos

Sintomas
A tromboflebite superficial apresenta vermelhidão e inchaço na área afetada, além de calor, sensibilidade e dor. Já os sinais da trombose venosa profunda são dor e inchaço.

Diagnóstico
Envolve exame físico e conversa com o paciente, mas o médico pode pedir ainda exame de sangue, ultrassonografia e tomografia computadorizada (mostra a localização do coágulo).

Tratamento
No caso da tromboflebite superficial, o médico pode pedir para aplicar calor sobre o local afetado e manter a perna afetada em posição elevada. Nos dois tipos o médico pode prescrever o uso de anticoagulantes (afinam o sangue) ou de fibrinolíticos (remédios que dissolvem os coágulos), meias de compressão, cirurgia de varizes ou até um filtro na veia principal do abdômen (para evitar a formação de coágulos).

Prevenção
Abandone o sedentarismo. Se você não pratica exercícios, comece a fazê-lo. Inicie com pequenas caminhadas.

Conhecimento é saúde! Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest